Encurtadores de URL tem seu uso cada vez maior e torna-se mais popular com o advento do micro-blogging, ele salva alguns caracteres para fazer com que o texto seja maior e mais relevante. Meu encurtador – hoje em dia – preferido é o bit.ly.

Além disso, você ainda conta com possibilidades de personalizar uma url encurtada, no lugar dos caracteres aleatórios, você pode colocar uma palavra-chave ou tag, como por exemplo: http://encurt.ar/palavrachave.

Em seguida, um exemplo de como encurtar uma URL utilizando a API do bit.ly: (é importante ter em mente a necessidade de um elemento com id “urlEncurtada” [div, p, input etc.], na página com este script)

Abaixo, o JSON gerado pela api do bit.ly:

Outra grande característica de alguns encurtadores é a possibilidade de ter estatísticas do link encurtado. Sua página de estatísticas de cada link é bem completa e interessante. Basta você adicionar o símbolo de “+” no final da url encurtada e a página com o sumário de acessos é exibida. Ex: http://bit.ly/aJOHzM+. Você pode até ter um sumário de quantas pessoas fizeram retweet de sua url.